Ocorreu um erro neste dispositivo

domingo, janeiro 15, 2012

EXTENSÃO DOS LÁBIOS

Só os lábios respiram.
Orlando Neves

Para onde se estendem os lábios
para o exílio do som à beira das fráguas
donde nascerá a palavra

estendem-se na respiração
ar que entra ar que sai
que semeia árvores nas nossas mãos
e colhe pássaros de asas limpas

para onde se estendem os lábios
sopra um vento que fala suavemente
ouve-se o seu convite
para longas conversas de amigos
à mesa dos rios

para onde se estendem os lábios
não cabem as saudades o mar
deposita novas cores
sobre os ombros
tem ainda e sempre a mesma sedução
a mesma canção modulada nas ondas

só os lábios respiram
no sal dos dentes

15/01/12

Sem comentários: