Ocorreu um erro neste dispositivo

quinta-feira, maio 02, 2013

FLORES DE CEREJEIRA

FLORES DE CEREJEIRA

ein windstoß nur und
kirschblüten bringen den schnee
zum schmelzen — siehst du”
Nico Helminger (poeta luxemburguês)

uma rajada de vento só
e novas cores trazem na mesma palidez
para perto de ti
— sombras de neve

quando chegam as flores abrem o ramo
vazio derretem o esplendor em cristais ao vento
— nas volutas das pétalas

nesse relicário em que pasma o mundo
o que vês é a passagem de um puro sopro
— pincel incoarcto de branco novo

Rui Miguel Duarte

29/04/13

Sem comentários: