Ocorreu um erro neste dispositivo

segunda-feira, agosto 15, 2011

FÁBULA DA ESPIGA



A espiga tinha de se mostrar
ao sol de esquecer o passado
os dias da semente 
e as noites do caule

tinha de crescer de cortar 
rente o sono de abandonar
no chão a sua névoa 
e seguir com o vento
tinha de conhecer 
o segredo do céu

mostrar-se ao sol
e seguir com o vento
era-lhe necessário 
assim faz o ouro
e à espiga restava
aprender

tinha apenas
de rasgar o tegumento 
e para lá do restolho

ser

13/08/11

Sem comentários: