Ocorreu um erro neste dispositivo

domingo, janeiro 03, 2010

A TUA PRESENÇA


« Les fleurs/ et les arbres/ crient/ après ta présence // C’est leur beauté / que je pleure / à travers l’absence de tes yeux ». Nic Klecker (poeta luxemburguês, 1928-2009)

A tua presença
é um grito
inscrito com lâmina
na casca das árvores
e nas pétalas das flores

A tua presença
é um vento sibilado
no marulhar
das palmas das folhas

A tua presença
induz ao canto
e à exuberância
os prados
transmite-se no voo
ordenado
dos pássaros

A tua presença
tinge as flores
de múltiplas cores
ao meu olhar

Mas quando não estás
o teu próprio olhar se ausentou
ficam as folhas ruivas
de Outono
as vacas pastando no prado
a serenidade dos vinhedos
no vale do rio subindo
ao céu

Quando não estás
sem o teu olhar
resta o meu imperfeito
e este chora

Quando não estás
as flores e as árvores
exibem a sua beleza
mas só isso
a neve é branca
só branca

não sei é se choro
as flores as árvores e a neve
de terem beleza própria
ou se de uns certos olhos
lá terem deixado a sua ausência

31/12/09

Sem comentários: