Ocorreu um erro neste dispositivo

segunda-feira, janeiro 14, 2013

SE ESPUMA

se espuma ainda te resta
dos dias 
sacode-a no oceano 
sacode-a no império da maré

o oceano tem o seu modo de contar 
a história tem o seu jeito
de levar e trazer a espuma 
a vaga retorta
o que ele tem desfaz
o que não tem dá

ora tu, tu deixa
que o sangue das anémonas
vá, vá no azul forte
que os teus dedos com ele
se desfaçam

deixa ao oceano
ao seu fundo de anénoma palpitante
a tua espuma

Rui Miguel Duarte

12/01/13



Sem comentários: