Ocorreu um erro neste dispositivo

segunda-feira, janeiro 07, 2013

Carta aberta ao Ministro da Educação e Ciência sobre o Acordo Ortográfico de 1990 (AO90)


O Brasil adiou a prazo da vigência oficial da aplicação do AO90 para 1 de Janeiro de 2016, assumindo que não gosta nem se sente confortável com o dito. Países como Angola não querem nem ouvir falar do dito, preferindo manter a genuinidade da língua como a receberam. Se, como se prova, o AO90 é incongruente e os dicionários, vocabulários e "corretores" ortográficos  que putativamente seguem o seu preceituado o violam, em especial os ditos oficiais Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa (VOP) e o Lince (ambos produzidos pelo Instituto de Linguística Teórica e Computacional) e discrepam entre si, como haverá certezas quanto à ortografia "correta", como as havia, mal ou bem, sobre as correctas? Apresenta-se um  quadro comparativo de lemas em vários desses instrumentos, e pasme-se com aquilo que ele permite perceber da babel reinante. Se os governantes de Portugal, país, a par das suas ex-colónias, que mais perde com o coiso, se remeteram à hibernação burocrática e são indiferentes a tudo isto, estado a que não poderá não ser alheio algum interesse inconfesso, poderão continuar a ser indiferentes face aos desenvolvimentos lá fora, adoptando a atitude orgulhosamente só de má memória?
Um grupo de cidadãos acha que não e subscreveu uma carta ao Ministro da Educação e Ciência, com cópia para o Ministro dos Negócios Estrangeiros e para o Secretário de Estado da Cultura. Esta carta é aberta: é para dar dela conhecimento público, é para passar palavra. E a sua subscrição continua disponível, de modo a poder convertê-la numa Petição a dirigir à Assembleia da República, aqui.

Peço pois a quem ler esta página e que concordar com o conteúdo e propósito da carta, que a subscreva. 
PARA A SUSPENSÃO IMEDIATA DO DESGRAÇADO AO90!

Carta (com a lista dos primeiros signatários)

1 comentário:

Rita disse...

Olá!

Já procedi às alterações... Obrigada pela iniciativa e pela partilha!

Bj