Ocorreu um erro neste dispositivo

domingo, setembro 09, 2012

OCEÂNICOS

“Um leve cheiro a mar”
Sophia de Mello Breyner Andresen, “Elsinore”

montados no dorso dos roazes nomeamos o mar 
os seus densos e duros mistérios deitados na praia
recebemos no rosto a vaga leve de perfume
que ele traz e que esparge sobre o nosso descanso

alcandorados nas ameias dos castelos
em vigia pelos passos do gigante
pomos a princesa verde em fuga
e entre algas a escondemos

com as gotas de sal resplandecendo na pele
vamos pelas ondas vamos por onde nos leva
a maré para as longas paragens
de outros continentes e ilhas
vamos em navegação no dorso dos tubarões
de olhos lacrimejantes de luz
e sempre com a noite pelos tornozelos

Rui Miguel Duarte
9/09/12

Sem comentários: