Ocorreu um erro neste dispositivo

quinta-feira, junho 16, 2011

ADORMECI

ADORMECI




adormeci com os lábios encostados
à noite nela procurei entender
o tamanho do encanto dos teus seios
as tuas glórias, orgulhos de mulher
se o tomou da noite ou se esta
recebeu deles a cor e o mistério 


adormeci na certeza de que 
os lábios os teus também se encostam
e procuram o meu peito
a minha glória, orgulho de homem


adormecemos com os lábios incrustados
no que no outro há de orgulho e de glória
de homem e de mulher
à procura da palavra que os consuma
da língua treinada 
nos gestos vigorosos
do silêncio 


15/06/11

Sem comentários: