Ocorreu um erro neste dispositivo

sábado, dezembro 18, 2010

TERMÓPILAS


“Estrangeiros, vai contar aos Lacedemónios que jazemos

aqui, por obedecermos às suas normas”

Simónides de Céos, Epitáfio das Termópilas frg. 92 Diehl


Das longínquas Termópilas, estrangeiro

à passagem, Lacedemónios, vos escreve

ao ler à beira do caminho

da pedra fria esta inscrição breve


o silêncio pede um reconto,

que a salve da memória:

deste estreito onde só os heróis ousam

surge a lenda onde tombou a história


a lápide sepulcral não desprende gemidos

as letras nela gravadas são de memória brilhante

não as carcome o bolor nem o verdete

nem o tempo sobre ela é lume de um instante


dos trezentos de Leónidas que não hesitaram

lutar ou morrer para obedecer às vossas leis

recebei o testemunho, Lacedemónios, silente

e que admiração perpetuamente viva lhes celebreis


18/12/10

Sem comentários: