Ocorreu um erro neste dispositivo

terça-feira, outubro 06, 2009

O dedo em riste




O dedo em riste da criança

os olhos
escrevem
se a voz
ainda é infante

nas margens do rio
recessos
de pequeninas colmeias
multímodas
ondulantes de cor
o rio
um longo sobressalto

o sorriso da criança no rio
pinta
a carvão e aguarela
de assombro
e novidade
a sua canção

– Papá, qu'é aquilo?

11/07/09 passeio no Douro entre Porto e Gaia

Sem comentários: