Ocorreu um erro neste dispositivo

sábado, fevereiro 25, 2012

PAROXISMO




μείζω γε μέντοι τῆς ἐμῆς σωτηρίας
εἴληφας ἢ δέδωκας
mais recebeste para minha salvação 

do que deste…”


Eurípides, Medeia v. 534-535


mais recebeste do que deste
o próprio nome te pus
na fronte o nome pelo qual foste retirada
dentre as bestas selvagens pois não sabes
mas os dentes que exibem são teus inimigos
e tu insistes, Medeia, e mordes nas crianças?
como desejei mudar o teu hálito de canibal,
ó mulher traidora da tua própria terra,
mulher de cabelos de vapor,
tu tão pouco me deste
e eu que tanto te dei, o nome de Hélade apenas
e com ele te dei tudo

23/02/12

quarta-feira, fevereiro 22, 2012

OS BÁRBAROS

OS BÁRBAROS

Γιατί οι βάρβαροι θα φθάσουν σήμερα
“Os bárbaros chegam hoje”

Konstantinos Kavafis

chegam hoje, vêm para ficar
com barbas pintadas de sol
chegam ao amanhecer
quando os risos esperam o galope
dos seus cavalos de pompa

os bárbaros de barba que impõe silêncio
aos medos que no gume ferem o grito
da injustiça chegam hoje

eles sabem quem somos que temos poetas
dissimulados na facunda beleza dos frisos
e trazem uma nova alma nas barbas
finas como fios de sangue
a nova alma de que carecemos
a nova liberdade, liberdade das palavras
que são enganos

vêm, estão para chegar, arranquemos
de nós todas as dúvidas que nas espadas
das barbas trazem a solução, pois
mais não precisamos que da claridade
do ferro nos nossos rostos

22/02/12

sábado, fevereiro 18, 2012

QUEM OS DEUSES AMAM


Ὃν οἱ θεοὶ φιλοῦσιν ἀποθνῄσκει νέος

Quem os deuses amam morre novo

Menandro

os deuses amam
as tuas gargalhadas
e riem-se
encontram nos teus olhos
pérolas incandescentes
que anelam possuir
e para isso retorcem
os dedos

os deuses na tua boca
a voz amam
clamam pelo que tens
e eles não conhecem
e por isso no teu corpo jovem
acordam o sonho
e na mesma pressa de amar
to reclamam

quem os deuses amam?
que deuses amam?

18/02/12

terça-feira, fevereiro 07, 2012

ECLAIR


tes yeux de colombe
s’épanouissant en pétales d’ombre
tes yeux encastrés en arbre
dans un volcan de marbre
tes yeux de poussin
éclairant les premiers rideaux du matin

7/02/12


PIEGUICE


Não sejais piegas
— diz o governante ao povo
a excelência não anda às cegas
mas vive e trabalha com energia ele é novo

e aos gestos dá voz à voz largo espaço
com isto ensina uma imortal
lição à indolência  nacional
— fazei o que eu digo não o que eu faço

7/02/12



sexta-feira, fevereiro 03, 2012

BOA NOTÍCIA

Vasco de Graça Moura, ao tomar posse posse como novo presidente do Centro Cultural de Belém, em coerência com o que sempre tem defendido (e eu próprio defendo), decide abolir o Novo Acordo Ortográfico da documentação da instituição.

quarta-feira, fevereiro 01, 2012

LÍNGUA

sempre que tenho de falar, trava-se-me a língua na boca
Livro de Êxodo 4,10

Não falo, Senhor,
porque não sei
não há arcadas
que sustentem a minha voz
trava-se-me a língua é coxa
sempre que tenho
de discorrer sobre geada

o que me pedes, Senhor,
é como se cortasse
com lâmina mal afiada
a cabeça dum condenado,
não
me constranjas, Senhor,
a rasgar o silêncio
dentro do peito
fazê-lo falar mais o faz calar
como penedos corroídos
ao vento

1/02/12